A Spirulina foi eleita pela ONU como “o melhor alimento para o futuro”, pela sua capacidade de oferecer uma nutrição completa de forma simples e a combater a desnutrição mundial.
Ela é uma alga que serve como um superalimento, é fonte de proteínas, aminoácidos, minerais, vitaminas e antioxidantes.

Mas afinal, o que é Spirulina?


Spirulina é uma bactéria, mais precisamente uma cianobactéria, em forma espiral, que tem a capacidade de realizar fotossíntese. Ela também é conhecida como “alga-azul” e foi, por muito tempo considerada uma alga, talvez porque se desenvolve e vive em colônias e a sua aparência e cor se assemelham a uma alga.
A spirulina é considerada um superalimento porque seu perfil de nutrientes e fitonutrientes incomuns, são mais potentes que qualquer outro alimento, grão ou erva. Ela apresenta grande diversidade e quantidade de nutrientes que o corpo necessita diariamente.
Para quem busca uma alimentação completa e saudável, a spirulina é uma fonte natural de proteína de fácil absorção, aminoácidos, minerais, vitaminas, óleos essenciais e antioxidantes.
Além disso, ela possui alta digestabilidade no organismo. Ou seja, na prática o corpo tem a capacidade de absorver até 95% dos nutrientes disponíveis.

Quais os seus benefícios?


Sem dúvidas a característica mais importante, é a sua riqueza nutricional. A spirulina possui uma diversidade de nutrientes na composição, dispõe de mais de 50 nutrientes.
Toda essa riqueza é muito bem aproveitada pelo corpo e o organismo. Isso porque cada grupo nutricional atua especificamente para manter o bom funcionamento dos órgãos. Principalmente, o sistema nervoso que comanda o metabolismo e regula as funções corporais.
Mesmo em uma rotina intensa, a spirulina se torna uma grande aliada oferecendo nutrientes essenciais para o organismo. A praticidade é obtida principalmente quando ela é consumida em cápsulas.
Separamos abaixo, algumas das principais vantagens do consumo da Spirulina:

- Rica em nutrientes:

Ela possui praticamente todos os nutrientes fundamentais e essenciais. Com uma dose diária de spirulina você obtém uma boa parte da sua necessidade diária de:

  1. Proteínas: Rica em proteínas e ácidos gordos essenciais, a sua constituição é maioritariamente proteíca, cerca de 60 a 70%, com todos os aminoácidos essenciais.

  2.  Vitaminas do complexo B: Mantêm a saúde cardiovascular e mental, reforçam o sistema imunitário e fortalecem a pele e cabelo. Contribuem para o funcionamento normal do metabolismo, com redução do cansaço e fadiga, mantendo a produção de energia.

  3.  Cobre, Ferro, Magnésio, Manganês, Potássio, Zinco, Cálcio, Selénio e Fósforo.

- Fortalece o sistema imunológico:

  1. A sua riqueza de nutrientes potencializa o sistema imunológico através da produção de anticorpos que vão ajudar no combate a infecções e doenças.

- Propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias:

  1. O principal componente ativo responsável por esta propriedade é a ficocianina. Ela tem a capacidade de combater os radicais livres e inibir a produção de moléculas de sinalização inflamatória, proporcionando efeitos antioxidantes e anti-inflamatórios.

  2. O poder antioxidante protege contra diversas doenças e retarda o envelhecimento.

- Alivia os sintomas de doenças respiratórias:

  1. Ela pode servir como um tratamento alternativo para sintomas de rinite alérgica e outras alergias desencadeadas por alérgenos ambientais

- Diminui os níveis de colesterol:

  1. A spirulina contém ácidos graxos essenciais da família do ômega 6 que pode ajudar a reduzir o colesterol ruim (LDL).

- Promove a perda de peso:

  1. A spirulina contém uma boa quantidade de proteína, o que aliado ao seu conteúdo de crómio, às suas propriedades antioxidantes e consequentemente diuréticas, promove uma desintoxicação do organismo, induzindo a perda de peso e a eliminação de gordura.

  2. Ela também apresenta um aminoácido chamado de fenilalanina, que participa dos processos que regulam a ingestão de alimentos e dá sensação de saciedade pelo organismo.


- Melhora a força muscular:

  1. O seu conteúdo considerável de proteína é fundamental para este benefício. Existem vários estudos que mostram aumento da força muscular e resistência em pessoas que praticam regularmente exercício físico e consomem 2 a 3g de spirulina por dia.

  2. Ela ainda ajuda na recuperação muscular, por ser rica em ferro, magnésio e ômega-3.

Tabela de Benefícios:

  •  Melhora triglicerídeos e colesterol, devido ao seu poder antioxidante;

  •  Melhora rinite alérgica e congestão nasal, por fortalecer a imunidade;

  •  Ajuda no controle da hipertensão, pois ajuda a relaxar os vasos sanguíneos;

  •  Purifica o organismo, devido ao seu teor diurético e propriedades desintoxicantes;

  •  Melhora o cansaço, ao impedir a formação de ácido lático nos músculos após a atividade física;

  •  Impede o envelhecimento precoce, por ser rica em antioxidantes, como a vitamina A;

  •  Ajuda na recuperação muscular, por ser rica em ferro, magnésio e ômega-3;

  •  Reduz a inflamação, por conter ômega-3;

  •  Previne câncer, por ser super antioxidante e rica em micronutrientes como zinco e selênio;

  •  Previne diabetes, por ajudar a controlar os níveis de glicemia.

Como e quando consumir

Ela é encontrada em cápsulas, comprimidos ou em pó. A vantagem de ser consumida em cápsulas e comprimidos é de fornecer a dose certa garantindo a nutrição adequada.
A indicação recomendada é de 3g, sendo 4 cápsulas ao dia. Para quem busca emagrecer, a melhor forma de consumir é ingerir antes das principais refeições, ou antes e depois de atividades físicas. Ela auxilia a aumentar a saciedade, a reduzir o apetite e ainda lhe dá mais disposição para se exercitar.