Bastante utilizadas por quem sofre de problemas circulatórios nas pernas ou que querem preveni-los, as meias de compressão estão cada vez mais caindo no gosto das pessoas, em especial os corredores. Mas será que elas são de fato eficazes?

Confira alguns mitos e verdades a respeito das meias de compressão:

Todas as meias de compressão tem o mesmo efeito

Mito! Cada estágio dos problemas circulatórios requer um tipo diferente de compressão. Basicamente há quatro tipos de compressão diferente:

Suave compressão: utilizada na prevenção de varizes, durante e após a gestação. Sendo recomendada também para quem faz uso de pílulas anticoncepcionais, para quem passa muito tempo em pé ou tem propensão hereditária.

Média compressão: Recomendada para quem sofre com dores, inchaço, cansaço e varizes na perna, assim como após a gestação e para quem faz uso de pílulas anticoncepcionais, além de servir para antes e após cirurgias.

Alta compressão: Para quem sofre de varizes ou inchaço nas pernas em estágio avançado e em casos graves de dores, inchaços, cansaço e doenças venosas.

Extra-alta compressão: Indicada para quem sofre com quadros varicosos intensos, edemas acentuados persistentes, úlceras venosas pós-trombóticas, entre outros.

Existem meias de compressão diferente para homens e mulheres

Verdade! Embora as compressões sejam as mesmas: suave compressão, média compressão, alta compressão e extra alta compressão, existem sim modelos masculinos e femininos.

Qualquer tipo de meia auxilia no combate e prevenção de problemas circulatórios

Mito! Somente as meias de compressão graduada garantem uma maior compressão no tornozelo, que diminui até a coxa, e melhora a circulação sanguínea. Assim, ajudam auxiliam na prevenção e tratamento de problemas como varizes, problemas circulatórios durante e após a gravidez, inchaços, edemas de natureza linfática entre outros.

Não há como prevenir problemas circulatórios como varizes

Mito! Uma dieta saudável, exercícios físicos para evitar o sobrepeso e não fumar são algumas das formas de evitar o desenvolvimento de problemas circulatórios. No caso das meias de compressão, existem diversas graduações de compressão específicas para cada uma das etapas de problemas circulatórios.

Para evitar problemas circulatórios durante a gestação, mulheres grávidas devem usar meias de compressão

Verdade! Durante a gravidez o volume de sangue circulando pelo organismo aumenta. O útero também sofre com um crescimento, responsável por causar forte pressão nas veias da região pélvica e na veia cava inferior, que drena o sangue proveniente dos membros inferiores e cavidade abdominal. Por conta disso, a pressão sanguínea das veias das pernas fica maior, aumentando as chances de doenças venosas se desenvolverem. Usar as meias de compressão auxilia na circulação sanguínea da pernas, prevenindo que esses problemas não surjam.

As meias perdem as propriedades após a lavagem

Mito! Caso as dicas de lavagem sejam seguidas corretamente, seu efeito permanece o mesmo.

Na Fórmula Equivalente você encontra diversos modelos de meias de compreensão, assim como diversos outro produtos médicos hospitalares. Visite uma das nossas lojas e confira.