O estresse é um dos males da vida moderna e todos já se sentiram estressados pelo menos uma vez na sua vida. Os sintomas do estresse muda nosso estado de forma bem explícita. Causa sensações de irritação, desconforto, preocupação, frustração, indignação, medo e nervoso. E as consequências são bastante sérias, levando ao desequilíbrio da saúde emocional que pode refletir na saúde física.

Tipos de Estresse


Há 4 tipos de estresse: o estresse agudo, estresse agudo episódico ou estresse crônico. E existe também, o Transtorno do Estresse Pós-traumáticos.

1. Estresse Agudo: É uma reação do corpo a um momento estressante. Os sintomas do estresse agudo pode ser: instabilidade de humor, apreensão, insegurança. Fisicamente os sintomas podem aparecer como: Dores de cabeça tensionais, dor das costas e mandíbulas, azia, palpitações cardíacas, dores musculares, aumento da pressão, mãos suando.


2. Estresse Agudo Episódico: Ele é definido como uma reação do corpo ao estresse agudo, porém que se repete com frequência. Ou seja, são os mesmos sintomas de forma prolongada. Desta maneira, os sintomas se apresentam como: dores de cabeça tensionais persistentes, enxaquecas, hipertensão, dor no peito e doenças cardíacas.


3. Estresse crônico: É caracterizado quando uma pessoa se mantém continuamente estressada. Os sintomas passam a ser ainda mais sérios e é um grande fator de risco para a ansiedade e a depressão. Além disso, é extremamente prejudicial para o organismo e a saúde em geral, em grande parte por conta do hormônio cortisol que é liberado. A elevação prolongada do cortisol, seja por dias ou semanas, leva a sérios problemas no organismo que não foi feito para ter esse hormônio em sobrecarga.
Os sintomas são: fadiga, desgaste, mal-estar, esgotamento.


4. Transtorno do Estresse Pós-Traumático: Quando a pessoa passa por um episódio traumático, como algo que tenha colocado em risco sua própria vida ou de terceiros, é possível desenvolver o estresse pós-traumático. A pessoa passa a reviver o momento, e sentir a dor e o sofrimento com a mesma intensidade e constantemente.

Principais sintomas do Estresse:

O estresse do dia-a-dia é comum, contudo quando ele é muito grande você pode senti-lo em seu corpo através de algumas reações, como:

  • •  Um ritmo cardíaco acelerado;

  • •  Batimento fora do ritmo;

  • •  Respiração acelerada;

  • •  Sudorese, principalmente nas mãos;

  • •  Tremores;

  • •  Voz presa e sensação de nó na garganta;

  • •  Roer as unhas;

Quando estes sintomas passam a ser frequentes, há o surgimento de outros sintomas como:

  • •  Alteração de sono (para mais ou menos);

  • •  Dores musculares;

  • •  Alteração na pele (espinhas principalmente);

  • •  Pressão alta;

  • •  Alterações no apetite;

  • •  Dificuldade de concentração;

  • •  Esquecimento frequente;

  • •  Queda de cabelo;

  • •  Gastrite e úlceras;

  • •  Imunidade baixa;

  • •  Refluxo.

Causas do Estresse

Normalmente o estresse é causada por situações que geram ansiedade e que ajudam a liberar hormônios como a adrenalina e o cortisol. Que levam a pessoa para um estado de alerta. Entre as diversas causas, estão:

  • •  Emprego novo ou cobrança excessiva no trabalho;

  • •  Perda de um emprego;

  • •  Desejo de aprovação social;

  • •  Não ter tempo para o lazer;

  • •  Intensa competição no trabalho e na família;

  • •  Perder muito tempo no trânsito

  • •  Preocupação excessiva com contas para pagar;

  • •  Acumular dívidas;

  • •  Doenças crônicas;

  • •  Medos, como de assalto, sequestro, estupro, acidente;

  • •  Sentir-se desconfortável, com frio ou calor, roupas inadequadas;

  • •  Ansiedade;

  • •  Baixa autoestima


Como tratar o estresse

Para manter o controle e evitar o estresse, é recomendado tentar evitar ao máximo, situações que causam o estresse. Ocupar a mente com pensamentos positivos, controlar a respiração inspirando e soltando o ar lentamente.
Além, é claro, de buscar ajuda profissional, é recomendando também realizar atividades que cause prazer, como:

- Praticar atividades físicas: ao menos 30 minutos do dia separar um tempo para praticar atividade física. Como, caminhada em parques, praia, andar de bicicleta ou entrar numa academia. Porém, evite atividades competitivas que podem gerar mais estresse.

- Comer os alimentos certos: se alimentar com alimentos que promovem o bem-estar físico. Principalmente, os riscos em Ômega 3, que inclusive melhoram o funcionamento do sistema nervoso.

- Descanse: O descanso é fundamental para evitar o estresse. Noite mal dormidas, não nos ajudam a recuperar do cansaço físico e mental do dia-a-dia.

- Massagens: As massagens auxiliam no alivio da tensão muscular trazendo alívio para as dores nas pernas, costas e a sensação de peso na cabeça e nos ombros.

- Tempo para lazer: Separar um tempo para se dedicar ao que gosta, estar próximo de pessoas importantes. Conversar e se distrair.

- Investir em calmantes naturais: algumas capsulas de produtos naturais põem auxiliar a acalmar o sistema nervoso. Alguns exemplos são as cápsulas de valeriana ou maracujina e os chás de lavanda ou camomila.